You are currently browsing the monthly archive for novembro 2014.

cabeçalho-papel timbrado

Mais de dez artistas já confirmaram presença na “A Festa do Carlito”, um espetáculo beneficente em prol das atividades educacionais da Escola Carlito Maia (ECM), que promove ensino gratuito e de qualificação profissional para a população de baixa renda do município de Cunha e região, no Alto do Vale do Paraíba, no Estado de São Paulo.

A festa acontece no dia 10 de dezembro, a partir das 20 h, no Teatro Oficina, em São Paulo, com ingressos a R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira).

Estarão presentes grandes nomes como Jorge Mautner, Cida Moreira, Ná Ozzetti e Dante Ozzetti, Jards Macalé, Carlinhos Antunes e Orquestra Mundana, Celso Sim e Pepê Mata Machado, Paranga, Heron Coelho, Luizinho 7 Cordas e Teko Porã, e Música Parahytinga Brasileira.

Além das atrações artísticas, durante o espetáculo, serão sorteadas entre os presentes três estadias (de dois dias e para duas pessoas, cada uma) nas pousadas Vila Rica, Cheiro da Terra e Barra do Bié, em Cunha, para conhecer a escola, a cidade e seus encantos.

A ECM, criação de Dulce Maia de Souza (irmã do Carlito), em três anos de atividades já atendeu a mais de 1.100 alunos, nos seus cursos e oficinas. Recentemente, concretizou convênio com o Senac Guaratinguetá, o que resultou na realização de cursos de Jardineiro, Vendedor e Auxiliar de Escritório. Para 2015, a programação prevê mais um curso de Jardineiro e os de Monitor Ambiental e de Auxiliar Administrativo.

Além dos cursos, totalmente gratuitos para os alunos, a escola promove atividades culturais e também desenvolve oficinas de arte. Estão em desenvolvimento, com as parcerias da ONG Caminhos de Cunha e da Secretaria da Cultura de São Paulo, as seguintes: Arte em Madeira, Escultura, Desenho, Teatro, Pintura em Mural e Artesanato.

No ano de 2015, a ECM planeja introduzir em sua grade de cursos o de música, em parceria com o Instituto Novo Tempo – Música e Cidadania, em uma nova unidade na zona urbana; e os de gastronomia, hotelaria, turismo, etc., com o Senac, numa unidade que será instalada na zona rural e com possibilidade para internação de jovens egressos do ensino médio, que virão de diversos municípios da região de Cunha e do Alto Vale do Paraíba.

Serviço

A Festa do Carlito

10 de dezembro de 2014 – A partir das 20 h

Teatro Oficina: Rua Jaceguai, 520, Bexiga, São Paulo (SP)

Tel. (11) 3104-0678

Ingressos: R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira)

Anúncios

Bilheteria de show com grandes artistas (veja foto), no dia 10 de dezembro, às 20 horas, no Teatro Oficina, em São Paulo, vai ser revertida em prol das atividades educacionais da Escola Carlito Maia (ECM), de Cunha (SP).
A ECM já beneficiou, nos últimos três anos, mais de 1.100 alunos, que passaram pelos seus cursos e oficinas de qualificação profissional e de artes. Ela está precisando de ajuda para dar continuidade a esse trabalho.
Veja só quem se apresentará nesse dia especial e histórico:

cartaz-A3-completo-final_reduzido

Atenção pessoal!
O horário do início da Festa do Carlito é 20 horas.
Conseguimos mais uma hora para festejar
e valorizar as atividades da Escola Carlito Maia!
Vamos compartilhar isso, por favor!

horária certo

Bilheteria de show com grandes artistas, no dia 10 de dezembro, às 20 horas, no Teatro Oficina, em São Paulo, vai ser revertida em prol das atividades educacionais da Escola Carlito Maia (ECM), de Cunha (SP).

A ECM já beneficiou, nos últimos três anos, mais de 1.100 alunos, que passaram pelos seus cursos e oficinas de qualificação profissional e de artes. Ela está precisando de ajuda para dar continuidade a esse trabalho.

Ná Ozzetti, Jorge Mautner, Carlinhos Antunes, Lívia Nestrovski e Heron Coelho já confirmaram presença!

cartaz-A31_PEQUENO

fachada_IMGP4282

Seco,direto,devastador como um golpe no figado, assim era Carlito Maia, um dos grandes frasistas da nossa língua portuguesa

A frase de sua autoria, que serve de titulo para esse texto, é um exemplo retumbante desse poder de síntese, clareza e objetividade.

E foi justamente ela que veio a ser escolhida para o lema da escola que leva o seu nome e que, desde 2011, funciona no município de Cunha(SP), como objetivo de garantir qualificação profissional integralmente gratuita para a população de baixa renda, cunhense e da região do Alto Vale do Paraíba.

A Escola Carlito Maia(ECM), por sua vez, também tem a pretensão de ser incisiva na sua missão e é preciso reconhecer que, efetivamente, tem sido. Os números mostram isso. Em cerca de três anos de atividades, já passaram pelos seus diversos cursos e oficinas mais de 1100 alunos.

Recentemente, como que para coroar suas ações e esforços iniciais, a escola firmou parceria inédita (para os padrões da cidade de Cunha) com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), de Guaratinguetá. Esta conquista da escola se deve aos amigos da direção do Sesc-SP. Dessa feliz e promissora junção (“somente precisamos uns dos outros”), já foram realizados os cursos profissionalizantes de Jardineiro e de Vendador e está em desenvolvimento o de Auxiliar de Escritório. É preciso que se destaque que esses cursos do Senac são eivados de todo rigor técnico e pedagógico característico daquela entidade, e que garantem aos formandos, certificados reconhecidos e válidos em todo o território nacional.

Mas há também as oficinas profissionalizantes e de arte que a ECM vem ministrando, ou sob a forma de projetos de captação de recursos e emendas parlamentares ou sob o sistema de voluntariado, em que os professores e oficineiros doam seu tempo e conhecimento em prol da população da região de Cunha. Todas essas modalidades de ensino são inteiramente gratuitas para os alunos, inclusive o material que é usado durante as aulas.

Para desenvolver suas atividades, a ECM conta com patrocinadores, parceiros e colaboradores, todos voluntários, que também acreditam, de forma integrada, na missão da escola. Com tantas atividades e realizações em pleno desenvolvimento, os mais incautos poderiam até pensar que a ECM está nadando em dinheiro. Entretanto, temos a rigor dois patrocinadores constantes – o amigo e padrinho da escola, que é o compositor, escritor, dramaturgo e intelectual, Chico Buarque de Holanda, e a Abap – Associação Brasileira De Anistiados Políticos.

São essas duas contribuições que garantem todas as atividades da escola. Entretanto para nossa preocupação, a Abap terá de deixar de contribuir em função da extinção das suas atividades, pois já não há mais anistiados políticos.
Isso sem dúvida interpõe uma dificuldade a mais para a concretização de nossa missão. Fazemos muito, com muito pouco. Mas com menos ainda, será quase impossível continuar a lutar pela qualificação profissional e pelo atendimento da demanda reprimida e crescente que a cidade de Cunha e sua região tem.

A despeito das dificuldades (que encaramos como desafios a serem vencidos), temos planos, muitos planos. Um deles é concretizar o projeto do segundo modelo da escola, em que a ECM, também em convênio com o Senac Guaratinguetá, quer implantar na zona rural cunhense. O local já foi cedido pelo governo do Estado de São Paulo e os projetos arquitetônicos e pedagógicos já foram elaborados.

Portanto, não estamos desistindo, nem queremos desistir! Aliás, não podemos desistir. Daí a necessidade de pedir a ajuda dos amigos. Afinal, “não precisamos de muita coisa, somente uns dos outros.”