You are currently browsing the monthly archive for outubro 2015.

Foram duas apresentações – uma na quinta (à noite) e outra na sexta (manhã) -, com plateia lotada, da peça Círculo de Giz, com a Cia. de Teatro Paidéia. Essa foi uma realização da Escola Carlito Maia, com os apoios da Casa da Flor da Macela, Lazer da Serra, Bar da Vila, Autoposto Estância – BR e Secretaria Municipal de Turismo e Cultura.

Veja algumas fotos:

modificada_IMGP1828 modificada_IMGP1833 modificada_IMGP1791 modificada_IMGP1796 modificada_IMGP1804 modificada_IMGP1808 modificada_IMGP1811 modificada_IMGP1817 modificada_IMGP1818

Anúncios

Acontecem, na próxima semana – 15 de outubro, às 20 horas, e 16 de outubro, às 10,30 horas (manhã), no Espaço Cultural Elias José Abdalla, em Cunha, duas apresentações do espetáculo teatral Círculo de Giz, com a Cia. Paideia de Teatro.

A peça infanto-juvenil, trazida pela Escola Carlito Maia (ECM), já foi apresentada em outros países e agora vem especialmente para a nossa cidade.

Gratuito. Imperdível!

CÍRCULO DE GIZ

imagem para texto do face-retorno

Dias atrás, nossa Escola Carlito Maia (ECM) sofreu um revés.

Não pense que foi falta de dinheiro para o pagamento de nossas despesas, embora ele esteja bem escasso e no limite de, realmente, se acabar.

Não foi, tampouco, falta de alunos ou de interesse da população de Cunha (SP) pelos nossos cursos. Esses, pelo contrário, estão em alta.

Não foi, igualmente, falta de planos para ampliar a atuação da nossa escola, que busca incessantemente dar esperanças de um futuro melhor para os menos favorecidos.

Não foi, também, falta de parcerias, como as do Senac, Sesc e Centro Paula Souza. Parcerias que nos garantem o desenvolvimento de muitas atividades.

O revés a que me refiro, enfim, foi a saída do professor Renato Janine Ribeiro do Ministério da Educação. Ficou por pouco tempo, sem nem ter podido mostrar a que veio, e logo foi substituído a título de garantir a governabilidade dos ocupantes do Palácio do Planalto.

Mas onde está o revés para a escola?

Eu explico.

Foi Janine, então como ministro, que me recebeu em Brasília, no início do mês de agosto. Indicou um de seus principais assessores e, ele mesmo, veio me cumprimentar e hipotecar
sua solidariedade e apoio à minha pessoa e ao nosso projeto de escola.

Eu estive lá para discorrer sobre o plano da ECM de construir uma nova unidade educacional, para cursos técnico-profissionalizantes pós-ensino médio, no bairro do Paraitinga, em Cunha (SP).

O pedido, ao ministro e ao seu importante assessor, vislumbrava a possibilidade de o Ministério da Educação ingressar na luta travada aqui na cidadezinha de Cunha que, a exemplo muitas outras espalhadas pelo Brasil, também é carente de uma política
de educação profissionalizante redentora e efetiva.

Na verdade, não sei por que me espanto com um revés como esse. Efetivamente, ele já vinha sendo consubstanciado, até pela falta do retorno dessas autoridades aos meus pleitos. Retorno que não veio e que fora prometido para o final do mês de agosto.

Teimosa como sou, eu ainda tentei contatar o assessor importante, mas não consegui. Fui, é verdade, muito bem atendida por outra assessora ministerial, mas não consegui obter a resposta que estava procurando.

Agora o ministro não é mais ministro, o assessor também já não é mais assessor e o nosso sonhado “retorno” deixou de ser transtorno para eles. Continua, entretanto, sendo um transtorno para a nossa Escola Carlito Maia.

Dulce Maia de Souza
Presidente do Conselho Administrativo da ECM

Escola Carlito Maia

  • Ao invés de uma pedra fundamental a escola realizou a cerimônia do plantio da ÁRVORE Fundamental. Compromisso com a sustentabilidade.Escola Carlito Maia 6 years ago
  • "É preciso toda uma aldeia para educar uma criança" ditado AfricanoEscola Carlito Maia 6 years ago
  • "Nós não precisamos de muita coisa, somente uns dos outros." Carlito Maia (1924-2002)Escola Carlito Maia 6 years ago
Anúncios